Trabalhadores dão aval e sindicato vai discutir abertura do comércio de Lajeado aos domingos
   
 
Primeira data que poderá ser utilizada no novo sistema é o Dia das Mães (Crédito: Natalia Ribeiro)

A possibilidade de abertura do comércio de Lajeado aos domingos voltou, definitivamente, à pauta de discussões no município. Em assembleia realizada na noite desta terça-feira (08), na Câmara de Vereadores de Lajeado, trabalhadores do setor aprovaram que o assunto seja discutido entre a entidade que os representa, o Sindicomerciários, e o grupo patronal, por meio do Sindilojas. Foram 28 votos favoráveis e três contrários ao texto. O debate deve iniciar nos próximos dias.
Lei municipal, de 2003, permite que as lojas estabelecidas em Lajeado funcionem em seis domingos no ano, antecedendo as seguintes datas comemorativas: Natal, Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados e Dia das Crianças. Porém, o que ocorre desde então é a abertura apenas antes do período natalino. Os demais jamais foram explorados. Por isso, em 2018, o Sindicato dos Lojistas do Comércio do Vale do Taquari (Sindilojas) manifestou interesse em discutir a questão.
O presidente da entidade, Francisco Carlos Weimer dos Santos, o Kiko, conta que o pedido ocorreu após negociação envolvendo o Shopping Lajeado. “No ano passado nós negociamos com eles os feriados no shopping, no fim do ano, em outubro e novembro. Como a gente se entendeu direitinho, abriu essa possibilidade de negociar os seis domingos. Mas depois de negociar, trabalha quem quer”.
A ideia do patronal é fazer uso apenas das seis datas que são regulamentadas em lei e, dessa forma, não ampliar o número de domingos. Seriam, no máximo, seis datas no ano, com carga máxima de seis horas de trabalho por dia, folga e compensação financeira. O presidente do Sindicomerciários, Marco Daniel Rockembach, garante que, independentemente do que for acordado, a legislação será respeitada.
“Isso a gente frisou todo o tempo: não quer dizer que vamos trabalhar todos os domingos. O que estamos buscando é a autorização para a negociação. Então, pela grande maioria, foi deliberada essa autorização para nós”, fala ele. Projeto da Prefeitura de Lajeado, encaminhado ao Legislativo em fevereiro de 2018, queria que domingos e feriados fossem liberados, sem exceção, com folga ao trabalhador.
A matéria foi rejeitada pela categoria comerciária, que manifestou sua opinião. Fez abaixo-assinado, que reuniu cerca de 2,8 mil assinaturas e protestou na Câmara de Vereadores de Lajeado. Com isso, o texto foi retirado pelo Executivo.
As tratativas, agora, deverão envolver todos os períodos preestabelecidos em lei, salvo o Natal, como explica Rockembach. “Quando nós formos negociar, nós negociamos os cinco domingos, porque o Natal tem uma negociação específica. Então o que a gente deverá fazer é uma convenção coletiva das demais datas e se acordarmos serão as cinco datas, não uma por uma, porque isso seria inviável”.

Fonte: Rádio Independente

   

 
 
     Produtos e serviços  
     Cadastre-se aqui  
     Fale Conosco  
     Conheça a Entidade  
     Cálculos e Indicadores Financeiros  
     Consumidor Consulta  
     Informativos  
     Convenções Coletivas  
     Cartilha Informalidade  
     Notícias  
     Atualização do Cadastro  
     Página Inicial  
 
 
  guias de recolhimento  
Guia Contribuição Sindical
Guia Contribuição Assistencial
 
 
  Rua Borges de Medeiros, 475 - Sala 201 - Centro
CEP: 95900-120 - Lajeado / RS
Fale conosco: (51) 3710-2080
WhatsApp: (51) 9 9908-9808
E-mail: sindilojas@sindilojas-valedotaquari.com.br